‘Salvar o SNS’ apresentado em Coimbra

com Sem comentários

O livro ‘Salvar o SNS – uma nova Lei de Bases da Saúde para defender a Democracia’, da autoria de António Arnaut e João Semedo, com chancela Porto Editora, tem sessão de apresentação agendada para o dia 6 de Janeiro, pelas 15h30, na Antiga Igreja do Convento de São Francisco, em Santa Clara (Coimbra).

A apresentação está a cargo de D. Januário Torgal Ferreira e de Manuel Alegre.

«O “pai” do SNS e o médico e ex-coordenador bloquista propõem uma nova Lei de Bases da Saúde, prometendo recuperar o SNS e devolver aos cidadãos uma saúde pública digna de uma democracia sã. A par do prefácio, assinado por D. Januário Torgal Ferreira, e da proposta de nova Lei de Bases da Saúde, os autores incluem, ainda, reflexões sobre a situação atual do SNS e enquadram as suas motivações para a elaboração desta obra.

Em Que não se perca a semente: recuperar os valores do Serviço Nacional de Saúde , António Arnaut faz uma retrospetiva história sucinta sobre o Serviço Nacional de Saúde para reafirmar a sua vontade de contribuir para a recuperação dos “valores da solidariedade e da dignidade cívica que inspiraram a Lei n.º 56/79”. João Semedo apresenta um texto intitulado A urgência de salvar o SNS , em que diagnostica a “plena crise” que atravessa o SNS e identifica, com detalhe e de forma sustentada, o que, na sua perspetiva, foram os erros e os passos dados para se chegar a este estado de urgência que exige a mobilização dos cidadãos para salvar o SNS.»

Comentar