Ruy Ventura

com Sem comentários

Escritores > Ruy Ventura

Data Nasc: 27/12/1973 Naturalidade: Portalegre

Na web: Site


Biografia:

Rui Pedro Biscainho Ventura (o “y” é homenagem aos poetas Ruy Belo e Ruy Cinatti) nasceu em Portalegre, tendo sido criado numa das aldeias da Serra de São Mamede (Carreiras).

Licenciado em Línguas e mestre em Estudos Portugueses pela Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa.

Vive desde 2004 na Península da Arrábida, onde é professor.

É colaborador de várias revistas nacionais e estrangeiras, nomeadamente espanholas, brasileiras e americanas. Poemas e/ou livros seus estão traduzidos em castelhano, francês, inglês e alemão. Como ensaísta, tem escrito sobre Poesia Contemporânea, Literatura Tradicional e/ou Oral e Toponímia.

Foi distinguido com o Prémio Revelação de Poesia pelo seu primeiro livro, Arquitectura do Silêncio.

Organização de antologias ou livros:
Poetas e Escritores da Serra de São Mamede (Vila Nova de Famalicão, Amores Perfeitos, 2002).
Contos e Lendas da Serra de São Mamede (Almada, Associação de Solidariedade dos Professores, 2005).
Em memória de J. O. Travanca-Rêgo e Orlando Neves (na revista Callipole, nº 13, Vila Viçosa, 2005).
José do Carmo Francisco, uma aproximação (Almada, Mastigadores do Mundo, 2005).

Tradução de poesia:
20 Poetas Espanhóis do Século XX (Coimbra, Alma Azul, 2003).
Dias, Fumo, de Antonio Sáez Delgado (Coimbra, Alma Azul, 2003).
Jola, de Ángel Campos Pámpano (Badajoz, 2003).
A Árvore-das-Borboletas, de Anton van Wilderode (Badajoz, Fundación Academia Europea de Yuste, 2003).
Teorias da Ordem, de José María Cumbreño (Águas Santas, Edições Sempre-em-Pé, 2009).




Principais Obras Publicadas

Detergente
2016, Licorne

“Ouve-se em fundo o Quator pour la fin du temps, de Olivier Messiaen. Duas figuras a contraluz dialogam, junto de um edifício em construção, já com ares de abandono.”

Rua da Outra Rua
2014, Lumme Editora

Antologia pessoal, com prefácio de António Carlos Cortez.

Contramina
2012, Licorne

Livro de poesia com posfácio de António Cândido Franco. COSME morro para encontrar a escuridão. regresso a casa com a noite nos braços e, entre os lábios, um pouco de veneno para conservar o meu corpo entre as páginas do livro. nada sei escrever. tudo consigo recolher entre as traves e … Ler mais

Instrumentos de Sopro
2010, Edições Sempre-em-pé

Livro de poesia com prefácio de C. Ronald.

Chave de Ignição
2009, Labirinto

Livro de poesia com prefácio do escritor Gonçalo M. Tavares.

El Lugar, La Imagem
2006, Editora Regional de Extremadura

Livro de poesia com tradução para espanhol de Antonio Sáez Delgado.

Sete Capítulos do Mundo
2003, Black Sun Editores

“Sete Capítulos do Mundo” é uma sequência de epifanias que se respiram, da primeira à última página, num só movimento poético. Ruy Ventura deu ao seu livro o sub-título de narrativa. No seu sentido original, a “narrativa” refere-se ao acto de “tornar algo conhecido”, e equivale a “história”, “acção” ou … Ler mais

Assim se Deixa uma Casa
2003, Alma Azul

Livro de poesia com prefácio e tradução para espanhol de Antonio Sáez Delgado.

Galardoado por Fiama Hasse Pais Brandão, Urbano Tavares Rodrigues e Fernando Pinto do Amaral com o Prémio Revelação de Poesia da Associação Portuguesa de Escritores.


Comprar livros de Ruy Ventura: ALMEDINA | BERTRAND | BULHOSA | FNAC | LEYA | WOOK


Comentar