José Vaz

com Sem comentários

Escritores > José Vaz

Data Nasc: 11/01/1940 Naturalidade: Avintes

Na web: Site Facebook


José Fernando Oliveira Vaz, nasceu em Avintes, Vila Nova de Gaia, em 1940.

Filho de Joaquim Fernandes Vaz, Estucador da Construção Civil, e de Deolinda Francisca Oliveira, Dobadeira da Indústria Têxtil.

Atualmente reformado, foi Coordenador da Área Social da Unicer e Analista de Profissões.

É Mestre em História Contemporânea pela Faculdade de Letras da Universidade do Porto com a dissertação: TEATRO EM AVINTES. O Grupo Mérito Dramático Avintense e o Grupo Dramático dos Plebeus Avintenses, com a qual obteve a classificação de 18 valores.

Em abril de 1994, a Câmara Municipal de Gaia atribuiu-lhe a Medalha de Mérito Municipal (Classe Ouro); em abril de 2010 foi homenageado em sessão pública pela Câmara de Gondomar, no âmbito do Dia Mundial do Livro e do Autor e, em fevereiro de 2015, foi-lhe entregue pela Junta de Freguesia e pela Assembleia de Freguesia de Avintes a Medalha de Mérito.

Foi ator no Grupo de Teatro do C.C. D. da CUFP/UNICER e encenador de diversos grupos de teatro do Norte de Portugal.

Ganhou o 1º Prémio de Literatura Infantil-Cidade de Montijo com o livro O Nó da Corda Amarela e a sua obra Para Sonhar com Borboletas Azuis foi distinguida pela The White Ravens 87 – Munique – A Selection of International Children’s and Youth Literature.

Desde 1986, é solicitado a visitar escolas do ensino básico e secundário e também bibliotecas públicas em diversas localidades do País, onde tem, desta forma, fomentado o gosto pela leitura entre as crianças e os jovens. Muitos textos das suas obras encontram-se nos Manuais de Língua Portuguesa dos 1º.s. e 2.ºs. Ciclos do Ensino Básico.

Integra o Dicionário Cronológico de Autores Portugueses, o Dicionário de Literatura Infantil Portuguesa e a Breve História da Literatura para Crianças em Portugal.

Faz parte do Plano Nacional de Leitura com as seguintes obras: Hoje é Natal, Na Feira dos Malandrecos, As Lágrimas do Malmequer, Mala Diabo, O Roubo da Roda Quadrada, Trabalha, Crispim, trabalha! O Jacklavais ataca à sexta-feira e O Livro das Contas e dos Contos e Celestino, o rato da biblioteca.


Principais Obras Publicadas

Celestino, o Rato da Biblioteca
2012, Trampolim Edições

Plano Nacional de Leitura Livro recomendado para o 3º ano de escolaridade, destinado a leitura autónoma. Esta é a história do rato Celestino que nasceu com um defeito de fabrico. Dos sete irmãos que teve, só ele nasceu com o pelo branco. Por causa disso, foi acolhido e acarinhado por … Ler mais

O Livro das Contas e dos Contos
2010, Trampolim Edições

Plano Nacional de Leitura Livro recomendado para o 3º ano de escolaridade, destinado a leitura autónoma. José Vaz, um dos singulares escritores contemporâneos para a infância apresenta-nos, neste volume, a história de um livro comprido, roto, desengonçado e escrito à mão por um homem bom que vendia pregos, tijolos e … Ler mais

Hoje é Natal!
2009, Gailivro

Plano Nacional de Leitura Livro recomendado para apoio a projetos relacionados com o Natal nos 3º, 4º, 5º e 6º anos de escolaridade. Quando o avô lhe disse que dentro do rolo de papel azul-marinho prateado estava o Espírito do Natal, o Mário, seu neto, nunca mais o largou. Antes … Ler mais

Uma história aliciante, plena de movimentação, com fortes doses de aventura e mistério, muito ao jeito do policial, servida por uma locução desinibida, ágil, eficiente e concisa… Livro recomendado pelo Plano Nacional de Leitura.

Mala Diabo!
2007, Gailivro

Plano Nacional de Leitura Livro recomendado para o 1º ano de escolaridade, destinado a leitura autónoma. Mesmo ao Pé da Porta há contos de gente simples, respirando a genuidade dos ambientes portugueses mais tradicionais, habitando pacíficos entre deuses e demónios. As mais recentes obras de José Vaz originalmente ilustradas por … Ler mais

Plano Nacional de Leitura Livro recomendado para o 1º ano de escolaridade destinado a leitura autónoma e/ou leitura com apoio do professor ou dos pais. “…Aqui, tudo se passa nos caminhos das Mil e uma Noites. “Os Indagas” são uma menina, um menino, um gato e um cão falantes e … Ler mais

A Árvore de Papel
2003, Gailivro

Este é um conto fantástico que narra a história de uma revolta dos objetos. Os objetos só acordavam com o silêncio da noite e o sítio onde estacionavam era como se fosse o espelho de uma qualquer cidade cujo coração bate com os acontecimentos, as alegrias e as tristezas de … Ler mais

Plano Nacional de Leitura Livro recomendado para o 3º ano de escolaridade destinado a leitura autónoma e leitura com apoio do professor ou dos pais. O Zé-Tá-Tá é inteligente, amigo dos animais, fala com as plantas, assobia para as nuvens. Inventa brincadeiras. Mas anda há três anos na 1ª classe. … Ler mais

Histórias encantadoras e curtas escritas em verso. Particularmente indicadas para serem lidas em voz alta.

A Fábula dos Feijões Cinzentos
2000, Campo das Letras

Um conto de José Vaz e ilustrações de Elsa Navarro sobre o 25 de Abril. A Revolução dos Cravos e o Dia da Liberdade contada às crianças num conto delicioso! Esta fábula ensina aos meninos e meninas a importância da liberdade e do respeito pelas ideias dos outros.

O Mandarim Fi-Xú
2000, Gailivro

Era uma vez dois Reinos, dos confins da Ásia: o do sol Poente e o do Sol Nascente. No Reino do Sol Poente, os sonhos e invenções eram proibidos, enquanto no Reino do Sol Nascente imperava a criatividade e a imaginação. Um dia este reino foi invadido pela sombra e … Ler mais

O Rei Lambão
1999, Gailivro

Abordando um tema atrativo para qualquer criança, esta peça é um desfile de sabores em forma de palavras na boca de personagens glutões.


Comprar livros de José Vaz: VER LIVRARIAS


Notícias

De momento, não temos noticias sobre este escritor.

Comentar