José Tolentino Mendonça

com Sem comentários

Escritores > José Tolentino Mendonça

Data Nasc: 15/12/1965 Naturalidade: Machico

Na web: Facebook


Poeta, sacerdote e professor, José Tolentino Mendonça nasceu em 1965, na Ilha da Madeira.

Doutorado em Teologia Bíblica, em Roma, volta para Lisboa e nesta cidade, torna-se capelão e docente da cadeira de Teologia Bíblica na Universidade Católica.

Padre desde os 24 anos de idade, José Tolentino Mendonça afirma que a sua vocação religiosa “foi uma coisa da juventude, inconsequente, imprudente, inesperada, que eu procuro manter. Ser padre é (…) aceitar a pobreza como condição. E a pobreza é uma coisa chata de viver. É achar que isso pode ser uma forma de dizer alguma coisa ao seu tempo. “.

Ocupando já um lugar de destaque na poesia portuguesa contemporânea, o autor, para quem “A poesia é a arte de resistir ao seu tempo”, integrou uma delegação que representou Portugal, então país homenageado, em 1999, na 9.ª Bienal Internacional do livro do Rio de Janeiro, ao lado de uma plêiade conceituada de escritores e poetas portugueses. Este prestígio foi legitimado através da escolha do seu nome para fazer parte de uma antologia de poetas portugueses, da responsabilidade da Lacerda Editores. Organizada por Alberto da Costa e Silva e Alexei Rueno, esta obra intitulada “Panorama da Moderna Poesia Portuguesa”, reúne 72 poetas modernos consagrados, nomeadamente Jorge Sena, Nuno Júdice e Fernando Pinto do Amaral.

Em 2000, fez a apresentação da reedição do livro O Pobre Tolo de Teixeira de Pascoaes, escritor falecido em 1952 e de quem Tolentino Mendonça dizia ser “uma figura de fronteira na paisagem mental do século português “.

Editou o seu primeiro livro de poesia Os Dias Contados em 1990 e, desde então, tem diversificado a sua obra como poeta, ensaísta e tradutor. Assim, em 1997 traduziu Cântico dos Cânticos, em 1994 editou o ensaio As Estratégias do Desejo: Um Discurso Bíblico Sobre a Sexualidade, em 1997 Longe Não Sabia, em 1998 A que Distância Deixaste o Coração e, finalmente, o livro de poesia De Igual Para Igual.


Principais Obras Publicadas

Com O Pequeno Caminho das Grandes Perguntas, viagem interior para ser percorrida passo a passo, a Quetzal dá início a uma coleção de ensaios de cariz religioso e filosófico da autoria de José Tolentino Mendonça, mas também oferece continuidade – com o esmero estético e o cuidado editorial que são marcas … Ler mais

Teoria da Fronteira
2017, Assírio & Alvim

A primeira parte do novo livro de poesia de José Tolentino Mendonça abre com esta epígrafe de Gloria Anzaldúa: «Penso na fronteira como o único ponto da terra que contém todos os outros lugares dentro de si». Mote para uma poderosa reflexão sobre o amplo significado da palavra fronteira, nas … Ler mais

Estação Central
2015, Assírio & Alvim

Reconhecido unanimemente como um dos grandes poetas portugueses da atualidade, José Tolentino Mendonça regressa aos seus leitores com Estação Central, onde um dos poemas que o integram tem a seguinte epígrafe de Dietrich Bonhoeffer: «Deus é impotente e fraco no mundo, e somente assim está connosco e nos ajuda». Compreende-se … Ler mais

A Papoila e o Monge
2015, Assírio & Alvim

Fruto de uma viagem ao Japão, a convite do Centro Nacional de Cultura, e devedor também do «Book of Haikus» de Jack Kerouac, «A Papoila e o Monge» é o novo e surpreendente livro de poesia de José Tolentino Mendonça. Silêncio: na ravina inacessível o prado em flor

Nenhum Caminho Será Longo
2015, Paulinas Editora

Qual será o verdadeiro nome da amizade? E é possível a amizade ser nomeada? Quando nos confrontamos com a pergunta sentimo-nos em embaraço: de sua natureza, a amizade é um sentimento forte e intenso, sem deixar de ser uma experiência discreta, sempre singular no seu registo, quase quotidiana, na sua … Ler mais

A Construção de Jesus
2015, Paulinas Editora

Entre tantos episódios que os Evangelhos relatam, o da pecadora que se arrisca por um território hostil apenas para tocar em Jesus (Lc 7,36-50) acabou por se tornar o meu objeto de trabalho bíblico durante anos, mas não só de trabalho: também de emoção, de imaginação, de afeto e de … Ler mais

A Noite Abre Meus Olhos
2014, Assírio & Alvim

Plano Nacional de Leitura Livro recomendado para a Formação de Adultos como sugestão de leitura. «A Noite Abre meus Olhos» reúne toda a poesia publicada por José Tolentino Mendonça incluindo já, nesta nova edição, os livros «Estação Central» e «A Papoila e o Monge». Sobre a poesia de José Tolentino … Ler mais

A Mística do Instante
2014, Paulinas Editora

O livro “A Mística do Instante” foi galardoado com o Prémio literário Res Magnae 2015, um importante prémio italiano atribuído no campo da ensaística. José Tolentino Mendonça foi o primeiro português e o único não italiano, até à data, a receber este prémio. O teólogo Karl Rahner assinou uma famosa … Ler mais

O Estado do Bosque
2013, Assírio & Alvim

Após Perdoar Helena José Tolentino Mendonça regressa ao teatro com uma nova peça onde interagem cinco personagens: 3 homens e 2 mulheres. John Wolf, o guia da floresta; 2 caminhantes: Peter Weil (meia idade) e Jacob (mais novo). E duas mulheres: a jovem Viviane Mars e o Destino. «Um dia … Ler mais

O Hipopótamo de Deus
2013, Paulinas Editora

Plano Nacional de Leitura Livro recomendado para a Formação de Adultos, como sugestão de leitura. Um dos passos mais belos da Bíblia tem a ver com um hipopótamo. E não é propriamente um divertimento teológico, pois surge numa obra que explora muito seriamente a experiência do Mal. Falo do Livro … Ler mais


Comprar livros de José Tolentino Mendonça: VER LIVRARIAS

Comentar