José Leon Machado

com Sem comentários

Escritores > José Leon Machado

Data Nasc: Naturalidade: Braga

Na web: Site Facebook


José Leon Machado nasceu em Braga em 1965.

Licenciou-se em Humanidades pela Faculdade de Filosofia de Braga. Frequentou o mestrado na Universidade do Minho, tendo-o concluído em 1996 com uma dissertação sobre literatura comparada. Atualmente, é professor do Departamento de Letras, Artes e Comunicação da Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro, onde se doutorou em Linguística Portuguesa em 2002. A par do seu trabalho de investigação e ensino, tem-se dedicado à escrita literária, especialmente à ficção.

Publicou três coletâneas de contos – Fluviais (2001), Os Incompatíveis (2002) e Jardim sem Muro (2007) –, tendo como temas e cenários o mundo rural em rápida extinção, a estupidez e a tacanhez inatas do português típico (características que perduram) e as complexas relações entre homens e mulheres numa sociedade machista e preconceituosa.

Em O Guerreiro Decapitado (1999), o seu primeiro romance, o autor centra a ação no Século I da nossa era, em que o território português se encontrava sob o domínio romano e a sociedade autóctone é submetida a uma aculturação intensiva. Bórnio, da tribo dos Brácaros, serve nas legiões romanas e, no regresso à aldeia onde nasceu, torna-se defensor dos interesses do seu povo junto dos Romanos.

Os seus principais romances, Memória das Estrelas sem Brilho (2008), A Vendedora de Cupidos (2010) e Heróis do Capim (2016), são uma trilogia centrada em três acontecimentos históricos do século XX: a Primeira Grande Guerra, a Segunda Guerra Mundial e a Guerra Colonial. Ex-fidalgos, brasileiros ricos, burgueses provincianos, camponeses, operários, mineiros, soldados, caciques, entrecruzam-se, formando um fresco realista e ao mesmo tempo caricato da sociedade portuguesa até às vésperas da Revolução dos Cravos.

O autor tem mantido uma série de romances intitulada Cenas da Vida Académica, de que já foram publicados quatro: O Cavaleiro da Torre Inclinada (2009), A Planta Carnívora (2011), A Porca (2014) e A Sagrada Família (2016). O protagonista é Marco Túlio Ferreira, professor universitário de uma suposta universidade do norte de Portugal, que se envolve num sem número de aventuras donjuanescas. Nesta série, o autor critica o ambiente universitário e a superficialidade das relações afetivas.

O estilo do autor é devedor sobretudo aos grandes prosadores portugueses, como Fernão Lopes, Damião de Góis, Padre António Vieira, Camilo Castelo Branco, Eça de Queirós, Aquilino Ribeiro e Vergílio Ferreira. É igualmente devedor a Cervantes, Flaubert, David Lodge, Paul Auster, Philip Roth, João Ubaldo Ribeiro e Umberto Eco.

O romance Memória das Estrelas sem Brilho (2008) foi traduzido para inglês por Milton M. Azevedo e Karen C. Sherwood Sotelino e publicado em 2012 sob o título de Darkening Stars – A Novel of the Great War.

Obras de ficção:

O Guerreiro Decapitado (romance, Parte I, 1999; Parte II, 2012)

Fluviais (contos, 2001; Grande Prémio de Literatura ITF 2002)

Os Incompatíveis (contos, 2002; Prémio Edmundo Bettencourt 2001)

Braços Quebrados (romance, 2003)

O Construtor de Cidades (romance, 2004)

Não me Guardes no Coração (romance, 2005; novo título: A Forma de Olhar, 2011)

Jardim sem Muro (contos, 2007)

Memória das Estrelas sem Brilho (romance, 2008)

O Cavaleiro da Torre Inclinada (romance, 2009)

A Vendedora de Cupidos (romance, 2010)

A Planta Carnívora (romance, 2011)

Na Ilha de Circe (romance, 2012)

A Margem / A Sombra Sorridente (novelas, 2012)

Vórtice (romance, 2012)

A Porca (romance, 2014)

Heróis do Capim (romance, 2016)

A Sagrada Família (romance, 2016)

Obras autobiográficas:

Quero Cortejar o Sol (diário, 2006)

Memórias Quase Íntimas – I (diário, 2012)

Memórias Quase Íntimas – II (diário, 2012)

Memórias Quase Íntimas – III (diário, 2012)

O Arrastar dos Dias (diário, 2012)

Diário Escasso (diário, 2014)

Outras obras:

O Empreiteiro (teatro, 1998)

Prosa Versificada – I (poesia, 2010)

Prosa Versificada – II (poesia, 2010)

O Sapo Envergonhado (literatura infantil, 2011)

Bracaris (adaptação dramática de O Guerreiro Decapitado, 2011)

As Penas de Ícaro (recensões críticas, 2012)

Os Aduladores da Gravata (crónicas, 2012)

Lira sem Cordas (poesia, 2013)


Principais Obras Publicadas

Heróis do Capim
2016, Edições Vercial

Mais um batalhão segue para Moçambique, a continuar a guerra que teimava em durar. Dele fazem parte um alferes miliciano e um soldado que mal se conhecem. Deixa o alferes para trás a noiva, uma estudante de Medicina, e entrega-se a paixões transitórias e a congeminações imprudentes. O soldado, casado … Ler mais

A Porca
2014, Edições Vercial

A Porca é a continuação de A Planta Carnívora (2011), romance que faz parte da série de ficção de José Leon Machado iniciada com O Cavaleiro da Torre Inclinada (2009), cujo cenário é a vida académica. Nesta terceira parte, Marco Túlio Ferreira cimenta a sua relação amorosa com a Rafaela, … Ler mais

Século I da nossa era. Um jovem desce do seu povoado e vai trabalhar para uma vila perto de Brácara Augusta, a cidade que os Romanos construíam num outeiro. Na vila, o senhor lia Cícero nos intervalos da sesta, a senhora passava horas ao espelho a disfarçar as rugas com … Ler mais

Vórtice
2012, Edições Vercial

O Dr. Leonel, médico de clínica geral, tinha como passatempos preferidos o ténis e o aeroclube. Piloto amador, era com prazer que levantava voo na avioneta que lhe estava atribuída e sobrevoava a cidade. Porém, numa tarde de tempestade, o aparelho acabou por se despenhar. Leonel sobreviveu com alguns arranhões … Ler mais

A Planta Carnívora
2011, Edições Vercial

A Planta Carnívora é a continuação do romance O Cavaleiro da Torre Inclinada do mesmo autor. Nesta segunda parte, Marco Túlio Ferreira, professor universitário, abandona a família e vai viver sozinho. A ex-esposa reconhece que a separação, baseada num adultério de que não tem provas, foi precipitada e procura convencê-lo … Ler mais

A Sombra Sorridente
2010, Edições Vercial

«Fora agente secreto de Salazar em Luanda. Todas as semanas enviava ao presidente do Conselho um extenso relatório das atividades subversivas dos oficiais do Exército Português. Graças a ele, conseguiram evitar-se conspirações de arrepiar. O seu lema: Destruir os inimigos da pátria. Uns dias após o 25 de Abril, “essa … Ler mais

Fluviais
2010, Edições Vercial

As vidas são como rios que nascem na montanha, percorrem o espaço e o tempo entre duas margens e terminam no grande mar que tudo dissolve em água salgada. Cada personagem deste livro traz em si um rio. As águas do seu caudal transportam o amor irrecuperável da adolescência, a … Ler mais

Os incompatíveis
2010, Edições Vercial

Embora Deus tenha feito o homem e a mulher como complemento um do outro e para viver em harmonia, a vida tem demonstrado que, ou por erro de concepção, ou por defeito de fabrico, a maior parte das vezes a relação entre um e outro se apresenta problemática, parecendo esse … Ler mais

A Vendedora de Cupidos
2010, Edições Vercial

O padre da Gralheira aparece morto na cama em Dezembro de 1943. O sacristão chama o regedor, autoridade policial da freguesia, que toma conta da ocorrência. Este procede a uma série de averiguações que vão fazê-lo ponderar na hipótese de se tratar de um crime. Vem a saber que o … Ler mais

O Sapo Envergonhado
2010, Edições Vercial

Esta colectânea de contos infantis contém seis histórias: O sapo envergonhado, que dá o título à obra; – O galo que desejava correr mundo; – A bruxa e o caldeirão; – A vendedora de cebolas; – A princesa feia; – e O príncipe do Reino Estranho. São histórias baseadas nas … Ler mais

O Cavaleiro da Torre Inclinada
2009, Edições Vercial

O Cavaleiro da Torre Inclinada, com o subtítulo de “Cenas da Vida Académica”, conta as aventuras de um professor a trabalhar numa hipotética universidade portuguesa. Os académicos são, como ele próprio refere, os novos cavaleiros da era moderna. «Assim como os cavaleiros da Idade Média, paladinos da virtude, andavam de … Ler mais

Memórias das Estrelas sem Brilho
2008, Edições Vercial

Na Memória das Estrelas sem Brilho, conta-se a história de um estudante universitário que é obrigado a interromper o curso para comandar um grupo de expedicionários que o governo português em 1917 enviou para as trincheiras da Flandres. A sua trajectória e a dos homens que comanda, nas pequenas e … Ler mais

Jardim sem Muro
2007, Edições Vercial

Jardim sem Muro é uma colectânea de dezanove contos. As personagens baseiam-se nalguns dos tipos da sociedade portuguesa actual, aparecendo vendedores de automóveis em segunda mão, comerciantes de tintas e vernizes, empreiteiros, serralheiros, canalizadores, carpinteiros, electricistas, professores do ensino secundário, funcionários das Finanças, estudantes de Psicologia, reformados, emigrantes, agentes de … Ler mais

A Margem
2003, Edições Vercial

«Ao lado do cemitério, descia um caminho de terra em direcção ao rio. O Rocha encaminhou-se para aí e a Sandra acompanhou-o. Ele não levou muito a sério ela ter-lhe metido a mão no braço e o percurso foi ocupado com pequenos ditos inócuos. Em cinco minutos chegaram à margem … Ler mais


Comprar livros de José Leon Machado: VER LIVRARIAS


Notícias do escritor

De momento, não temos noticias sobre este escritor.

Comentar