José Anjos

com Sem comentários

Escritores > José Anjos

Data Nasc: Naturalidade: Lisboa

Na web: Facebook Instagram


José Anjos (Lisboa, 1978) é formado em direito e músico.

Gosta de imitar gaivotas com o seu gato na praia, caçar caracóis na lezíria, passear lesmas sem-abrigo e dançar como um panda sem pescoço.

O seu lema (que impinge a toda a gente) é memento mori. Ou um pires de tremoços. Ainda não decidiu.

Tem vindo a publicar alguns poemas em revistas e colectâneas.

Diz que foi aqui e ali e fez assim e, passado, deixou o gato sentado com saudades e alguns poemas dentro do prazo, para ler depois de abrir.

Manual de Instruções para Desaparecer é o seu primeiro livro (Abysmo, 2015). Lança, em 2017, também pela Abysmo, o livro Somos contemporâneos do impossível.


Principais Obras Publicadas

No novo livro de José Anjos, a poesia transfigura-se num palco, por vezes íntimo e discreto, noutras em forma de cidade tonitruante. Estas páginas são uma oficina em torno da criação do poema. A ideia de poema como exemplo de absoluta liberdade, como a única forma de afirmação de cada … Ler mais

«Esta primeira edição de Manual de Instruções para Desaparecer, de José Anjos, ganha tudo porque é sabido que estar farto da vida, neste não querer saber de tectos e proezas, ainda nos segura mais a ela, apesar de o punhal ir bem fundo, até à raiz dessa coisa tenebrosa: a … Ler mais


Comprar livros de José Anjos: VER LIVRARIAS

Comentar