João Pedro Mésseder

com Sem comentários

Escritores > João Pedro Mésseder

Data Nasc: 13/04/1957 Naturalidade: Porto

Na web: Facebook


João Pedro Mésseder, nome literário de José António Gomes, é um escritor português nascido no Porto no dia 13 de abril de 1957.

Foi Professor Coordenador da Escola Superior de Educação do Instituto Politécnico do Porto, tendo-se doutorado em Literatura Portuguesa do século XX pela Universidade Nova de Lisboa e publicado diversos estudos nos âmbitos da História e da Crítica Literárias (Literatura Portuguesa Contemporânea e Literatura para a Infância e a Juventude), além de várias antologias. Nesta qualidade, fundou e dirige a revista Malasartes – Cadernos de Literatura para a Infância e a Juventude.

Textos seus têm sido utilizados em espetáculos teatrais de grupos. Criou o texto principal para o espetáculo Lenheiras de Cuca-Macuca (2008). Vários dos seus poemas e outros textos foram musicados, interpretados e gravados pelo Bando dos Gambozinos, sob a direção musical de Suzana Ralha, tendo “Romance do 25 de Abril” sido integralmente musicado por Pedro Moura e apresentado, sob a forma de opereta infantil, num espetáculo realizado na Biblioteca Almeida Garrett, no Porto, em 25 de Abril de 2007.

Em 2010, por encomenda da Rádio e Televisão de Portugal, escreveu o conto “Comédia italiana”, a partir do quadro, com o mesmo título, de Columbano.

Arrecadou em 2000 o Prémio Literário Maria Amália Vaz de Carvalho de Poesia, com o livro “Fissura”.

O seu livro “Pequeno Livro das Coisas” foi Prémio Bissaya Barreto de Literatura Infantil 2014.

Depois de, em 1999, publicar “Dez Andamentos” e “A Cidade Incurável”, publicou várias dezenas de títulos editados e teve vários livros distinguidos.


Principais Obras Publicadas

Há olhos que quase só deslizam no telemóvel; e olhos que tropeçam em nuvens, em bolas, em pessoas, em patas de aranha, eu sei lá em quê. Às vezes, esses olhos tropeçantes querem que as mãos escrevam textos à maneira de haicais (este livro explica o que são). Os olhos … Ler mais

ilustrações de capa e contracapa de Emílio Remelhe O poder do verbo convive, quase sempre, com indissipáveis sinais de fragilidade e impoder. Que fazer ante o seu limitado alcance na representação/modelização do mundo, ou quando, além do mais, as palavras não logram esconder as cicatrizes que o uso desmedido, o mau … Ler mais

ilustrações de Rachel Caiano A dado momento, um pedacinho de tronco de árvore descobre-se lápis, um dedal de água do rio descobre-se floco de neve e, num ecrã ou teclado de telemóvel, um dedo polegar descobre-se instrumento de escrita. De umas coisas nascem outras. A Lua afinal é um botão, … Ler mais

ilustrações de Rachel Caiano A leitura deste livro pode começar por qualquer página. Mas, se se começar pelo princípio, descobre-se que há aqui alguém que gosta de ver o que há do outro lado.   E que lado é esse? Talvez o outro lado do que se vê, o outro … Ler mais

Lembro-me
2013, Teodolito

projeto gráfico de Ana Biscaia Em “Lembro-me” o autor remete-nos para um exercício de memória. A memória de alguém que, em 25 de Abril de 1974, tinha acabado de fazer 18 anos. Dirige-se, desta forma, a um público já nascido e crescido num país onde as liberdades democráticas são uma … Ler mais

Versos que Riem
2012, Calendário das Letras

ilustração de Ana Biscaia Livro de curtíssimas histórias em verso (a do barbeiro herodes, as de “era uma vez outra vez”, “fuga”, “brincando aos aviões”…) e de pequenos poemas cómicos destinados ao público infantil. Ritmadas e rimadas, são composições ideais para serem musicadas, cantadas, ditas com ritmo ou simplesmente lidas. … Ler mais

«Memória de Elizabeth Taylor Azuis-violeta. Assim os descreviam. No início (era o tempo dos animais), dir-se-ia que a inocência os habitava. Depois o embate dos dias, a fervença do corpo, o torvelinho investiram-nos de tempo, a ponto de os tingir de todos os matizes: do ardor ao desespero, da loucura … Ler mais

Plano Nacional de Leitura Livro recomendado para o 4º ano de escolaridade, destinado a leitura orientada. As coisas não passam de coisas? Ou são coisas e alguma coisa mais? Cada coisa tem sua causa. E, por vezes, uma voz. Com queixas, alegrias, pensamentos ou histórias para contar… Este livro convida … Ler mais

ilustrações de Manuela Bacelar Plano Nacional de Leitura Livro recomendado para apoio a projetos relacionados com a natureza/defesa do ambiente na Educação Pré-Escolar, 1º e 2º anos de escolaridade. Constituído por poemas breves, acessíveis a crianças dos 1.º e 2.º Ciclos (alguns deles, até, a crianças do pré-escolar), Gatos, Lagartos e … Ler mais

ilustrações de Marta Madureira Ilustrado pelo traço inconfundível de Marta Madureira (Menção Especial do júri do Prémio Nacional de Ilustração, em 2010), As Letras de Números Vestidas é um livro ideal para os que começam a aprender a ler e a contar. Associando letras e números, nomes próprios e traços … Ler mais

ilustrações de Manuela São Simão A história que vou contar-te passou-se há muitos anos, na cidade do Porto. Ora escuta. Era uma vez um menino sem tempo para ficar quieto. Quando se cansava de ler ou de brincar sozinho, uma névoa toldava-lhe os grandes olhos castanhos. Sabia que apenas o … Ler mais

Guias Sonoras e Outras Abrasivas
2010, Deriva Editores

“Apesar de pouco dotados, certos homens guardam um grão de lucidez, a que basta para intuírem a inteligência de outros. Sentem-na, porém, como um insulto à sua própria cegueira. Dedicam-se então a cultivar um ódio surdo. Por vezes tornam-se ferozes.”

ilustrações de Daniel Silvestre da Silva Quando a mãe apaga a luz e abandona o quarto, os meninos que vivem debaixo da cama abrem os seus pequenos olhos brilhantes. Os meninos metem medo a Lulu. Metem-lhe mesmo muito medo. Magnificamente ilustrado, este álbum apresenta uma solução inteligente para um problema … Ler mais

O Tempo Voa
2010, Kalandraka

ilustrações de Gémeo Luís “Segundos, minutos, horas, días, semanas, meses, anos… O tempo apremia e sempre nos parece insuficiente. De rima en rima, xogamos coas agullas do reloxo.”

Contos e Lendas de Portugal e do Mundo
2009, Porto Editora (reed. 2017)

em coautoria com Isabel Ramalhete ilustrações de Fátima Afonso Plano Nacional de Leitura Livro recomendado para o 5.° ano de escolaridade, destinado a leitura orientada – Grau de Dificuldade I. Também recomendado para a Formação de Adultos, como sugestão de leitura – Grau de Dificuldade IEis uma mão-cheia de contos … Ler mais

Eu, Nós e os Outros
2009, Trampolim

ilustrações de Gabriela Sotto Mayor O Externato Paraíso dos Pequeninos endereçou, no ano lectivo de 2006-07, um convite a João Pedro Mésseder para participar num projecto de escrita colaborativa, ou seja, um projecto de criação literária envolvendo a cooperação entre um escritor, os alunos e o professor. Considerando também a … Ler mais

Futurara e Futurbem
2009, Trampolim

ilustrações de Gabriela Sotto Mayor A rapariga chamava-se Georgina. O robô chamava-se Fut Uro. E a cidade Futurara. Com nomes como estes, a história não podia deixar de se passar num futuro ainda distante. Um história que resultou de um trabalho a muitas mãos: as dos alunos do 7º ano … Ler mais

Guardador de Árvores
2009, Trampolim

ilustrações de Horácio Tomé Marques Plano Nacional de Leitura Livro recomendado para o 3º ano de escolaridade, destinado a leitura autónoma. «Vou fazer a louvação / do que deve ser louvado» – é isto o que diz uma velha canção. Neste álbum, quem merece tal louvação são as árvores. Como … Ler mais

Línguas de Perguntador
2009, Paulinas Editora

ilustrações de Madalena Matoso Livro recomendado pelo Plano Nacional de Leitura3º Ano de escolaridade Leitura autónoma Há comichões dentro do corpo? Há hipopótamos no céu? Há livros nas florestas?Este livro «é um diálogo – forma didática por excelência – entre um perguntador, a criança, e aquele que lhe responde, possivelmente … Ler mais

ilustrações de Luís Henriques Sebastião tem a casa de pantanas, muito desarrumada e suja! Um dia telefona-lhe um amigo dizendo que estará nas redondezas e por isso o quer visitar de imediato. Sebastião treme e sua em bica ao saber da intenção do amigo. Começa então a querer adiar por … Ler mais

ilustrações de Gémeo Luís Alguns poemas muito diferentes, uns mais complicados, outros mais simples, sobre coisas como os livros, os seus heróis, o tempo e a noite. Quem acompanha estas belas palavras, como vais ver, são simpáticos homenzinhos e mulherezinhas de tom rosado e braços e pernas compridos, que brincam, leem, … Ler mais

O Meu Primeiro Miguel Torga
2009, Dom Quixote

ilustrações de Inês Oliveira Plano Nacional de Leitura Livro recomendado para apoio a projetos relacionados com as artes nos 3º, 4º, 5º e 6º anos de escolaridade. Miguel Torga (1907-1995) foi um admirável escritor da literatura portuguesa, com uma maneira única de contar, de falar de si e de captar, … Ler mais

O Pai Natal e o Maiúsculo Menino
2009, Trinta Por Uma Linha

ilustrações de Gabriela Sotto Mayor Nos meus primeiros Natais, cheios de riso e de luz, pela escura chaminé descia um doce mistério que era o menino Jesus. Quando eu já me habituara àquela visita especial, eis que chega, em seu lugar, um senhor: o Pai Natal… Uma história em versos … Ler mais

Porto Porto
2009, Calendário das Letras

ilustrações de Helena Veloso Plano Nacional de Leitura Livro recomendado para o 3º ano de escolaridade, destinado a leitura autónoma. Era uma vez uma cidade. Como todas, também esta tem uma longa história. E tem a luz, as sombras, as cores, os brilhos que lhe são próprios. Mais as casas, … Ler mais

em coautoria com Elsa Lé Uma velha história esta, do Coelhinho e da Formiga. Quem havia de a contar? Juntaram-se amigo e amiga, novas roupas lhe vestiram e eis a história a rabear, p’ra fazer rir e pensar.

Trocar as Voltas ao Tempo
2008, Edições Eterogéneas

ilustrações de Gémeo Luís este pequeno livro composto de um poema só há espaço para falar daquilo de que o tempo é feito e da falta que, por vezes, nos faz ter um pouquinho mais de tempo. Foi ilustrado pelo Gémeo Luís com bonitas imagens recortadas em papel e avivadas nestas … Ler mais

ilustrações de Catarina Fernandes Plano Nacional de Leitura Livro recomendado para o 2º ano de escolaridade, destinado a leitura orientada. Há candeeiros de iluminação pública no jardim da Matemática? – Sim, mas quase só se acendem de dia e nem todos os que passam estão atentos a essa luz e … Ler mais

Caneta Feliz
2008, Trampolim

ilustrações de Gabriela Sotto Mayor Pode uma caneta viajar entre passado e presente? Entre um país e outro país? Entre um sonho e uma vida real? Esta caneta viaja. De um tempo para outro, de um lugar para outro. E parece feliz. Porque as palavras que escreve escrevem justamente uma … Ler mais

ilustrações de Mónica Cid É possível escrever a várias mãos? A resposta está neste livro que nasceu da colaboração do autor com algumas dezenas de crianças entre os oito e os dez anos. A estas mãos se juntaram outras: as de quem leu e ilustrou. A primeira história nasce no … Ler mais

ilustrações de Maria Ferrand João Pedro Messéder apresenta neste livro quatro histórias reescritas de umas das mais conhecidas personagens da tradição popular portuguesa e brasileira – Pedro Malasartes, um rapaz meio tolo que se metia em tantas encrencas e fazia tantos disparates de deixar qualquer um pasmado.

Meridionais
2007, Deriva

Um mito como outros, o sul, ou apenas um lugar, um ponto cardeal? Para o que habita esse lugar, existe sempre, todavia, um outro sul. E, por isso, um qualquer norte – ou desnorte – é a sua morada. Aí elabora sobre a distância que o separa do cenário inatingível. … Ler mais

ilustrações de Alex Gozblau Distinção Prémio Nacional de Ilustração 2007 E se um menino se chamasse Portugal? Ou então: pode o Portugal do antes do 25 de Abril ser comparado a um menino? Ora por que não? Ouçam pois a sua história: como cresceu e sofreu e lutou até, já … Ler mais

ilustrações de Luís Henriques São os piratas figuras simpáticas ou assustadoras? A Canção dos Piratas ajuda a responder a esta dúvida que tem fascinado leitores de várias idades. Lê-la é um prazer e uma descoberta. Como é que alguém tão cordato, tão simpático e educado pode ter tal afeição por … Ler mais

Abrasivas
2005, Deriva

ilustração de Emílio Remelhe posfácio de Ana Margarida Ramos edição bilingue português e galego

O Mundo a Cair aos Bocados
2005, Campo das Letras

ilustrações de Assunção Melo Em “O Mundo a Cair aos Bocados”, foi reescrita, com alterações significativas, uma história popular contada em Portugal e na Galiza (“A galiña assustada”). “Estava uma galinha debaixo de uma pereira quando lhe caiu uma pêra mesmo em cima da cabeça. Correu para o galo e … Ler mais

O que Impuro Olhar Algum
2005, Associação Jornalistas e Homens de Letras do Porto

desenhos de Roberto Machado

Palavra que Voa
2005, Caminho

ilustrações de Gémeo Luís As palavras têm cheiro e sabor, têm cor e movimento, porque uma palavra, por si só, tem o dom de pôr a imaginação a voar. Ao pronunciarmos a palavra de que fala este álbum, dir-se-ia que no ar se desenha um movimento. E que esse movimento ganha … Ler mais

A Couve, as Calças e o Burro
2004, Campo das Letras

ilustrações de Alexandra Jordão Pires Para construir esta história, o autor encadeou e reescreveu, alterando-os, três contos humorísticos do Alentejo, muito curtos e de origem popular. Manteve, no entanto, o nome da personagem principal de dois desses contos.

Breviário da Água
2004, Caminho

em coautoria com Francisco Duarte Mangas ilustrações de Geraldo Valério A água pura, diziam os antigos, bebe-se pelo coração. É essa remota água que o novo Breviário de Francisco Duarte Mangas e João Pedro Mésseder procura redescobrir nas palavras, através da palavra. Com paciência de vedor, foram ao Gerês, escreveram … Ler mais

Não Posso Comer Sem Limão
2004, Campo das Letras

ilustrações de Evelina Pires Não Posso Comer Sem Limão resulta da reescrita e adaptação de um conto popular português recolhido por Bernardino Barbosa em Évora, no ano de 1915. Era uma vez um fidalgo que tinha uma filha muito bonita. Talvez por medo de que a beleza da menina provocasse … Ler mais

O aquário
2004, Deriva (reed. 2009)

ilustrações de Gémeo Luís Um aquário é também um mundo em miniatura, onde se jogam relações entre iguais e diferentes, novos e velhos, e onde se geram preconceitos e ideias feitas. As ilustrações ajudam a compreender situações e personagens, sem deixarem de construir um cenário onírico e sedutor. Livro recomendado pelo … Ler mais

De um Caderno Grego
2003, Edições Plenilúnio

ilustrações de Emílio Remelhe «Ler um haiku, ou um texto que dele esteja próximo, é abrir devagar uma porta da casa da poesia. Por isso, escrevi este pequeno livro para ti leitor(a). Sei, no entanto, que não devo chamar haiku a muitos dos poemas que o compõe. É que eles … Ler mais

Breviário do Sol
2002, Caminho

coautoria com Francisco Duarte Mangas ilustrações de Geraldo Valério Às vezes o sol nasce dentro das palavras. Outras palavras, se reparares bem, são a casa efémera do sol. Neste Breviário, João Pedro Mésseder e Francisco Duarte Mangas encetam a viagem: uma viagem solar. Mas o sol é de todos. Continua … Ler mais

ilustrações de André Letria Em texto poético, João Pedro Mésseder, acompanhado das ilustrações de André Letria, revela a história de Timor Leste, desde que foi colonizado pelos portugueses, no século XVI, até ao presente.

ilustrações de José Miguel Ribeiro Plano Nacional de Leitura Livro recomendado para o 5º ano de escolaridade, destinado a leitura autónoma. Olhar a beleza de um fruto, namorar, brincar, viajar, tentar ver o que parece invisível… Desejos realizados, desejos contrariados. Os poemas deste livro falam disso e de outras coisas … Ler mais

Fissura
2000, Caminho

Vigília Impuro caiu um silêncio sobre este jardim nocturno no coração da cidade. E os homens unidos em teia viajam por dentro do sono, regressam à condição de vermes encasulados, aí onde os corpos quase se detêm. Muitos seguram o sangue, os outros penetram na terra em direcção a um … Ler mais

Versos com Reversos
1999, Caminho

ilustrações de Danuta Wojciechowska Na primeira parte deste livro, dirigida aos mais novos, as palavras entretêm-se por vezes nos seus jogos de sons e de significados. Na segunda parte, disfarçadas de meninas sérias, convidam leitores mais crescidos a partir com elas a descobrir mundos: o dia, a noite, os seres … Ler mais


Comprar livros de João Pedro Mésseder: VER LIVRARIAS

Comentar