Francisco Bosco

com Sem comentários

Escritores > Francisco Bosco

Data Nasc: 05/10/1976 Naturalidade: Rio de Janeiro, Brasil

Na web: Facebook


Francisco de Castro Mucci nasceu no Rio de Janeiro, em 1976.

Mais conhecido como Francisco Bosco, é um escritor, filósofo e compositor brasileiro, doutorado em Teoria Literária, com uma dissertação sobre Roland Barthes pela Universidade Federal do Rio de Janeiro.

Professor e conferencista, foi coordenador da Rádio Batuta (Instituto Moreira Salles), colunista de «O Globo» e presidente da Funarte (Fundação Nacional de Artes do Brasil).

Obras publicadas:

Florestado, Sette Letras, 1996

Atrás da porta, Sette Letras, 1997

Invisível rutilante, Francisco Alves, 1999

Da amizade, Sette Letras, 2003

Dorival Caymmi, Publifolha, 2006

Banalogias, Objetiva, 2007

E livre seja este infortúnio, Azouge, 2010

Alta Ajuda, Editora Foz Impressos e Digitais, 2012 (Tinta da China, 2013)

Orfeu de Bicicleta, Editora Foz Impressos e Digitais, 2015 (Tinta da China, 2015)

A Vítima Tem Sempre razão?, Todavia, 2017 (Tinta da China, 2018)

 


Principais Obras Publicadas

A Vítima Tem Sempre Razão?
2018, Tinta da China

Novos movimentos identitários, Radicalismos, linchamentos virtuais e redes sociais: Francisco Bosco analisa o novo espaço público em que vivemos. A luta política tem vindo a radicalizar-se. O debate público ganhou novas vozes, como os movimentos negros ou feministas, e tomou as redes sociais, numa democratização que, ao contrário do que … Ler mais

Orfeu de Bicicleta
2015, Tinta da China

Orfeu de Bicicleta é um livro sobre o papel do novo pai neste novo século. Escrito pelo filósofo Francisco Bosco, reúne reflexões divertidas, históricas e profundas sobre a primazia das crianças nas famílias modernas. Pai de filhos pequenos, o autor comenta de forma poética e bem-humorada o impacto do nascimento das … Ler mais

Alta Ajuda
2013, Tinta da China

A maioria dos ensaios deste livro, sua espinha dorsal, reúne tentativas de iluminação de questões psíquicas, comportamentais, sexuais, afetivas, em suma, éticas — se entendermos ética no sentido que lhe dá Espinoza, ou seja, como viver de modo a encontrar os afetos da alegria e evitar os da tristeza. Esse … Ler mais


Comprar livros de Francisco Bosco: VER LIVRARIAS


Notícias do escritor

De momento, não temos noticias sobre este escritor.

Comentar