António Barahona

com Sem comentários

Escritores > António Barahona

Data Nasc: 07/01/1939 Naturalidade: Lisboa

Na web:


Biografia:

António Manuel Baptista Barahona da Fonseca nasceu em Lisboa a 7 de janeiro de 1939.

Estudou na Faculdade de Letras de Lisboa e viveu alguns anos em Moçambique.

Integrou o Grupo do Café Gelo. Colaborou, entre 1964 e 1966, nos dois primeiros cadernos de Poesia Experimental.

Em 1975 converteu-se ao Islamismo, adotando o nome Muhammad Abdur Rashid Barahona, nome com que assinou alguns trabalhos.

As suas obras exploram preferencialmente os domínios do sonho e do misticismo e revelam, normalmente, uma religiosidade explícita. No seu anarquismo poético mescla elementos cristãos, islâmicos e hinduístas. A paixão pelo sânscrito levou-o ao Oriente para estudar a língua.

Estreou-se nas publicações com o livro “Insónias e Estátuas” (1961), ao qual se seguiram, entre outros, “Poemas e Pedras” (1962), “Capelas Imperfeitas” (1965), “Impressões Digitais” (1968), “Sujata” (1983), “Um Livro Aberto Diante do Espelho” (1992), “Manhã do Meu Inverno” (1996), “Oscarina” (2016) e “Só o Som por si Só” (2017).

.

Bibliografia

Insónias e Estátuas, 1961, Ed. Autor

Poemas e Pedras, 1962

Capelas Imperfeitas, 1965

Impressões Digitais, 1968

Amor Único, 1978

Pátria Minha, 1980 [Reed. 2014, Edições Averno]

Sujata, 1983

Rizoma, 1983, Guimarães Editores

Livros da Índia, 1984, INCM

Viajante Oxalá, 1986, Guimarães Editores

Os Dois Sóis da Meia-noite, 1990

Eunice, 1991, Diversos Edições

Um Livro Aberto Diante do Espelho, 1991

Manhã do Meu Inverno, 1996

Rosas Brancas e Vermelhas, 2000

A Corça Matinal, 2001, Ed. Autor

O Grande Lume, 2001, Ed. Autor

Noite do Meu Inverno, 2001, Ed. Autor [Reed. 2016, Edições Averno]

Pássaro-Lyra, 2002, Ed. Autor [Reed. 2015, Edições Averno]

Poema do Manto, 2005, Assírio & Alvim

O Sentido da Vida é Só Cantar, 2008, Assírio & Alvim

Raspar o Fundo da Gaveta e Enfunar uma Gávea, 2011, Edições Averno

O som do sôpro, 2011, Poesia Incompleta

A doença-panaceia, 2012, Língua Morta

Maçãs de Espelho, 2012, Língua Morta

As Grandes Ondas, 2013, Edições Averno

E chorava como quem se diluía em mel d’abelhas, 2013, Tea For One

Ocarina, 2016, Edições Averno

Só o som por si só, 2017, Editora Alambique




Principais Obras Publicadas

Só o som por si só
2017, Alambique
Ocarina
2016, Edições Averno
As Grandes Ondas
2013, Edições Averno
A doença-panaceia
2012, Língua Morta
Maçãs de Espelho
2012, Língua Morta
Pássaro-Lyra
2002, Ed. Autor [Reed. 2015, Edições Averno]
Noite do Meu Inverno
2001, Ed. Autor [Reed. 2016, Edições Averno]
Pátria Minha
1980, [Reed. 2014, Edições Averno]


Comprar livros de António Barahona: ALMEDINA | BERTRAND | BULHOSA | FNAC | LEYA | WOOK


Comentar