Apresentação da antologia ‘Rio de Doze Águas’ na Casa Andresen

com 2 comentários

Realiza-se no dia 5 de Maio, a partir das 21:30, na Casa Andresen, no Porto, a apresentação da antologia RIO DE DOZE ÁGUAS, com chancela Coisas de Ler.

Autores: António Gil | Carlos Campos | Cláudio Cordeiro | Francisco Valverde Arsénio | Joaquim Monteiro | João Morgado | José Gabriel Duarte | José Luís Outono | José Maria Almeida | Lília Tavares | Maria João Saraiva | Paulo Eduardo Campos.

Fotografias: Afonso de Mello e Costa | Alexandra Wolfs |José Alpedrinha |José Luís Outono | Helena Maria de Oliveira | Paulo Eduardo Campos.

Prefácio: Joaquim Pessoa.

«Cinco anos e meio depois do seu lançamento, a antologia RIO DE DOZE ÁGUAS volta a ser apresentada no Porto, e sobram motivos para esse regresso: o prazer do reencontro, o sentimento de dívida para com os leitores do Porto, e a oportunidade de recordar esta obra na Casa Andresen, que foi habitada por Sophia de Mello Breyner Andresen e que alberga hoje a Galeria da Biodiversidade do Museu de História Natural e de Ciência da Universidade do Porto.

Em outubro de 2012, na sequência de várias tertúlias, alguns Poetas lembraram-se de reunir poemas e fotografias numa obra comum. Não quiseram criar uma “escola”, nem definiram “regras” para esta edição. Apenas quiseram partilhar o gosto de partilhar. Numa altura difícil para esta actividade, a editora Natacha Serrão, da Coisas de Ler, abraçou a iniciativa e assegurou a publicação, que foi um êxito.

Sobre este livro, escreveu o Poeta Joaquim Pessoa: “Uma Antologia deste tipo, não de autor, mas de autores, é sempre um verdadeiro caleidoscópio, pelos seus registos tão diferenciados, pelos seus matizes, pelo tom dos discursos, e pelo colorido tão pessoal de cada um dos poetas participantes. “Rio de Doze Águas” (nome feliz por se tratar não de um rio múltiplo, mas de um rio de correntes paralelas), é uma obra a ter em conta, … é, assim o creio, um magnífico presente oferecido ao futuro”.

Mais informações aqui.

 

2 Comentários

  1. conceição lima
    | Responder

    ..Desaguarão , essas águas, em cada um de nós…: Em quem quiser e souber ser a sua foz…
    Vai ser um prazer, poder apresentar este RIO DE DOZE ÁGUAS. e poder abraçar os amigos que virão até ao Porto…
    ..

  2. Lília Tavares
    | Responder

    Grata, amiga Conceição Lima.
    As horas contigo são de Poesia.
    Beijo.
    Lília

Comentar