Livro “Terra Queimada” apresentado em Cascais

com Sem comentários

Está agendada para o dia 22 de maio, pelas 18h30, na Fnac de Cascais, a apresentação do livro “Terra Queimada”, de Eduardo Gomes, com chancela Saída de Emergência.

A apresentação estará a cargo do Professor Francisco Louçã.

.

«O momento mais negro da História de Portugal. Uma das guerras mais cruéis da Europa. O romance definitivo sobre as invasões francesas. Novembro de 1807. As tropas de Junot chegam a Lisboa e deparam-se com uma estranha situação: a corte havia zarpado para o Brasil; o clero virava a casaca e preparava-se para colaborar com os “diabólicos jacobinos”; maçons e intelectuais exultavam com a esperança de um futuro feito de liberdade, fraternidade e solidariedade. Mas o povo, esse, olhava furioso para as tropas maltrapilhas de Napoleão.  Uma das portas de entrada em Portugal para os exércitos inimigos passava em Almeida. E é aí que encontramos uma população disposta a lutar pela independência do país, mas também por uma nova ordem social que os inclua. Com Portugal à mercê das crueldades dos franceses e sob uma política de terra queimada ordenada por Arthur Wellesley, como resistiram os nossos antepassados a tanta humilhação, fome e morte? É a essa questão que Eduardo Gomes responde com um romance épico, meticulosamente pesquisado e assente numa galeria de personagens inesquecíveis.»

.

Comentar