‘Sinais de Fogo’ de Jorge de Sena reeditado

com 1 comentário

O livro ‘Sinais de Fogo’ de Jorge de Sena, editado pela primeira vez em 1979, volta aos escaparates das livrarias a partir do dia 8 de junho, com chancela Livros do Brasil.

..

«Com uma escrita que se prolongou por mais de vinte anos, interrompida apenas pela morte do autor, Sinais de Fogo é o único romance de Jorge de Sena e uma das mais importantes obras da literatura portuguesa do século XX.
Entre a Lisboa dos últimos tempos de liceu e a Figueira da Foz do veraneio, um jovem Jorge vê-se despertar para o amor, para a sexualidade, para a realidade política e social, num momento em que a guerra civil está prestes a eclodir em Espanha e em que em Portugal a ditadura dá os seus primeiros sinais inequívocos. E, simultaneamente, este jovem descobre-se poeta.
Romance de formação que é também o retrato de uma geração no centro da turbulência que marcou a história da Península Ibérica nos anos 30, Sinais de Fogo foi publicado, inacabado, um ano após a morte do autor, em 1979, e é considerado a obra-prima deste que é um dos nomes maiores das letras portuguesas.»

..

Um comentário

  1. Jorge de Sena!!! Que encanto, tanto.
    Que bom a reedição de um livro seu.
    Pelo Brasil e pelos Estados Unidos fez a sua vida, por não ter possibilidades de a “palmilhar”por cá.
    Mas é nosso.!

Comentar