“Rio Derradeiro” apresentado no dia 8 de maio

com Sem comentários

O livro “Rio Derradeiro” de Carlos Diogo Santos e Aurílio Nascimento, com chancela Oficina do Livro, será apresentado no dia 8 de maio, pelas 21 horas, na Fnac do Centro Comercial Colombo, em Lisboa.

“Rio Derradeiro” revela toda a investigação a Duarte Lima no âmbito da investigação ao assassinato de Rosalina Ribeiro, no Rio de Janeiro, Brasil.

.

«Uma portuguesa de 74 anos contraria o medo que sente no Rio de Janeiro e sai de casa à noite, para se encontrar com o seu advogado. Horas depois é assassinada com tiros no peito e na cabeça. O corpo acaba estendido à beira de uma estrada de terra batida, sem luz, e ali permanece até ao amanhecer, quando moradores da região o avistam.  Por pouco não é enterrada como indigente, por não ter identificação. Seria uma grande ironia do destino. A idosa fora companheira de um dos homens mais ricos do mundo, Lúcio Tomé Feteira. Só duas semanas depois se ligou o seu desaparecimento ao corpo encontrado em Saquarema.  Questionado pela polícia, o seu advogado português conta que levou a cliente para um encontro com uma mulher misteriosa, cuja existência nunca se provou. A disputar parte de uma imensa fortuna, a idosa passou os últimos anos de vida em lutas judiciais no Brasil, em Portugal e na Suíça.  Um jornalista português, que acompanhou a investigação, e um comissário da Polícia Civil do Rio de Janeiro, que esteve à frente do caso, revelam os bastidores de um complexo puzzle, que se desdobra em diversas geografias e atinge a elite nacional.»

.

Comentar