“Púrpura Voz”, de Adão Contreiras, na Casa Álvaro de Campos em Tavira

com Sem comentários

Está agendada para o dia 21 de abril, pelas 21h30, na Casa Álvaro de Campos, em Tavira, uma Sessão Pública de Leitura do livro de poesia “Púrpura Voz” de Adão Contreiras.

As leituras estarão a cargo de Adília César, seguindo-se uma conversa com o autor.

.

alcançar o álcool da palavra e a púrpura voz

letras são já da vinha nuvem de etílicos vapores a frase uma bebedeira arriscada

o texto umas vezes um desperdício de abundância outras um delírio exíguo

alcançar o álcool da palavra e a púrpura voz incerto rumo

.

Adão Contreiras, em “Púrpura Voz”, Lua de Marfim, 2017

.

Comentar