A fome apátrida das aves

com Sem comentários

Escritores > Francisco Duarte Mangas > A fome apátrida das aves


Ano: 2013 | Editora: Modo de Ler

Neste livro, a poesia recorda várias vezes mas discretamente a poesia de Carlos de Oliveira. Francisco Duarte Mangas, gauda dessa outra a sobriedade e a brevidade, o desenho minucioso da imagem, os valores da proximidade com os acidentes morfológicos e a respiração da terra: a ligação apaixonada com a imaginação material, a paixão do concreto, do pequeno vivo e dos ciclos naturais. É talvez o único caso de poesia ecológica (eco-poesia) em Portugal, com paralelo apenas na de Cinatti sobre Timos. Em Francisco Duarte Mangas é de uma nova forma de poesia de intervenção que se trata, algo nostálgica, por vezes, em relação ao processo de degeneração ou domesticação da natureza.


Comprar livros de Francisco Duarte Mangas: ALMEDINA | BERTRAND | BULHOSA | FNAC | LEYA | WOOK

Comentar