Anos 70. Poemas Dispersos

com Sem comentários

Escritores > Alexandre O’Neill > Anos 70. Poemas Dispersos


Ano: 2005 | Editora: Assírio & Alvim

Plano Nacional de Leitura
Livro recomendado para o Ensino Secundário como sugestão de leitura.

Os textos de Alexandre O’Neill que compõem este volume nunca foram por ele incluídos em livros seus. À excepção de dois, recuperados de uma antologia, e de três encontrados no espólio, o autor publicou-os em jornais e revistas durante a década de 70.
O conjunto aqui editado resultou da pesquisa feita no âmbito da biografia do poeta (Maria Antónia Oliveira, «Alexandre O’Neill, Uma Biografia Literária», Dom Quixote, no prelo). Pôde constatar-se que, embora o poeta viesse publicando regularmente desde os finais da década anterior, os anos 70 eram aqueles em que a sua produção se tornava mais assídua, e em que mais textos haveriam de ficar confinados às páginas dos periódicos.
Reúnem-se também poemas escritos para os jornais «Diário de Lisboa» e «A Luta», e para as revistas «Flama» e «Ele». Foram encontrados no espólio do poeta os poemas «Magritte» e «Azul Ar», bem como os poemas sem título designados por «Fragmentos», inéditos. Acrescentam-se ainda dois poemas datados de 1972 que E.M. e Castro e JoséAlberto Marques incluíram na «Antologia da Poesia Concreta em Portugal» (Lisboa, Assírio & Alvim, 1973).


Comprar livros de Alexandre O’Neill: VER LIVRARIAS


Comentar