José Marmelo e Silva

com Sem comentários

Escritores > José Marmelo e Silva

Data Nasc: 07/05/1911 Naturalidade: Paul

Na web: Site


José Antunes Marmelo e Silva nasceu a 7 de Maio de 1911 em Paul, Beira Baixa.

Estudou no Seminário do Fundão e em escolas secundárias de Covilhã e de Castelo Branco.

Frequentou a Universidade de Coimbra mas, devido à publicação de Sedução, teve de concluir a licenciatura (em Filologia Clássica) na Faculdade de Letras de Lisboa onde apresentou uma tese sobre Virgílio – Um sonho de paz bimilenário: a poesia de Virgílio.

Colaborou no semanário lisboeta O Diabo, com o pseudónimo Eduardo Moreno, e na revista presença, de Coimbra, cidade em que conviveu com o grupo neo-realista.

Prestou serviço militar em Mafra e na Madeira.

Fixou residência em Espinho (onde leccionou na Escola Secundária) até à data da sua morte, em 11 de Outubro de 1991.

Foi agraciado, em 1987, com a medalha de ouro da cidade de Espinho.

Com o grau de Comendador da Ordem de Mérito, foi condecorado pelo então Presidente da República, Dr. Mário Soares, em 1988.

Obras Publicadas:

O Homem que Abjurou a Sociedade – Crónicas do Amor e do Tempo, O Raio, 1932 (Renegado)

Sedução, 1ª edição, Coimbra, Livraria Portugália, 1937

Depoïmento, 1ª edição, “Presença”, nº. 1, série II, Novembro de 1939

O Sonho e a Aventura, 1ª edição, Coimbra, Atlântida, 1943

Adolescente, 1ª edição, Coimbra, Portugália, 1948

O Ser e o Ter seguido de Anquilose, Lisboa, Editorial Ulisseia, 1968

O Ser e o Ter, Lisboa, Editora Ulisseia, 1973

Anquilose, Lisboa, Editora Ulisseia, 1971

Desnudez Uivante, Porto, Limiar, 1983

Obra Completa de José Marmelo e Silva – Não Aceitei a Ortodoxia (Coordenação e prefácio de Maria de Fátima Marinho. Contém Estudos introdutórios de Arnaldo Saraiva, Celina Silva, Maria Alzira Seixo, Maria Manuela Morais Silva, Pedro Eiras, Rosa Maria Martelo), Porto, Campo das Letras, 2002

Sedução e Outras Ficções, Afrontamento, 2016

.


Principais Obras Publicadas

Sedução e Outras Ficções
2016, Afrontamento

Respeito, amo e admiro as novelas deste homem singular, até pela singularidade (raríssima entre nós) do seu propósito e do seu majestoso empreendimento literário. Um grande escritor, como José Marmelo e Silva, não é medível. Pode, talvez, ser mensurável, através da sua própria desmesura. E como nele não há excesso … Ler mais

Desnudez Uivante
1983, Limiar
O Ser e o Ter
1973, Editora Ulisseia
Anquilose
1971, Editora Ulisseia

A força de uma linguagem irónica, surpreendente e exacta, a beleza do seu estilo ímpar, a sensibilidade com que desenha figuras femininas e aborda o tema do amor, superiormente localizados num perfeito contexto histórico e social, tudo isso, que faz do universo deste criador de obras-primas, está presente, sobretudo em … Ler mais

Adolescente
1948, Portugália

Não é assim por acaso, mas a poder de maestria, contensão, alternância de planos, insurreição e recriação mítica, identificação do tema com a experiência, integração do saber herdado no plano temporal duma estética em devir, adequação da obra criada aos limites intuídos e consciencializados do autor, que Adolescente é não … Ler mais

O Sonho e a Aventura
1943, Atlântida

O SONHO E A AVENTURA [é um] livro de novelas em que se patenteia, com impressionante frescura e desgarre, aquela mesma vocação de narrador expedido, exacto no contorno das figuras, quase genial, por vezes, na apreensão e selecção do mais significativo de uma história ou de uma psicologia, virtudes que … Ler mais

Sedução
1937, Portugália

Ainda hoje, não obstante todos os anos decorridos, Sedução continua a ser um livro de combate, um livro indisciplinados. Não pela escabrosidade do tema — aliás tratado com uma delicadeza e uma finura inexcedíveis, quando tão fácil (e tão comercial…) era ceder à tentação do obsceno —, mas pelo carácter … Ler mais


Comprar livros de José Marmelo e Silva: VER LIVRARIAS

Comentar