Dulce Maria Cardoso

com Sem comentários

Escritores > Dulce Maria Cardoso

Data Nasc: Naturalidade: Carrazeda de Ansiães

Na web: Facebook Instagram


Biografia:

Dulce Maria Cardoso nasceu em Trás-os-Montes, em 1964, na mesma cama onde haviam nascido a mãe e a avó.

Tem pena de não se lembrar da viagem no Vera Cruz para Angola. Da infância guarda a sombra generosa de uma mangueira que existia no quintal, o mar e o espaço que lhe moldou a alma. Regressou a Portugal na ponte aérea de 1975.

Licenciou-se em Direito pela Faculdade de Direito de Lisboa, escreveu argumentos para cinema, gastou tempo em inutilidades. Também escreveu contos.

Tem fé, uma família, um punhado de amigos, o Blui e o Clude. Continua a escrever e a prezar inutilidades. Vive em Lisboa.

Publicou em 2001 o seu romance de estreia, Campo de Sangue, Grande Prémio Acontece, escrito na sequência de uma bolsa de criação literária do Ministério da Cultura. Desde então publicou os romances Os Meus Sentimentos (2005), prémio da União Europeia para a Literatura, O Chão dos Pardais (2009), prémio Pen Club, e O Retorno (2011).

É autora de duas antologias de contos: Até Nós (2008) e Tudo São Histórias de Amor (2014).

Os seus primeiros dois livros infantis, na colecção A Bíblia de Lôá, foram publicados em 2014.

Em 2012, foi condecorada com as insígnias de Cavaleira da Ordem das Artes e das Letras da França.

A sua obra está publicada em quinze países e é estudada em diversas universidades.

Alguns dos seus contos e romances foram adaptados ou encontram-se em fase de adaptação para cinema e teatro.




Principais Obras Publicadas

Rosas
2017, Douda Correria
Os Meus Sentimentos
2014, Tinta da China

É uma noite de temporal. A noite do acidente. Há uma gota de água suspensa num estilhaço de vidro que teima em não cair. Há um instante que se eterniza. Reflectida na gota, Violeta mergulha nessa eternidade e recorda aquele que pode ter sido o último dia da sua vida. … Ler mais

O Chão dos Pardais
2014, Tinta da China

Afonso é um homem muito poderoso. Inatingível. A não ser pelos anos, que passam e o envelhecem quase como a outro qualquer. Há muito que já só encontra a juventude nos corpos das amantes. Como o de Sofia, que o odeia e ama Júlio. Entretanto Alice, a mulher de Afonso, … Ler mais

Lôá Perdida no Paraíso
2014, Tinta da China

Lôá é uma menina-deus. Tudo aconteceu mais ou menos assim: Um dia Lôá pôs-se a desenhar. Criou um mundo que lhe pareceu tão belo e tão bom que quis entrar nele. Desde então, vive perdida nesse mundo.

Tudo são Histórias de Amor
2014, Tinta da China

Uma velha que em clausura depende do que o seu cão fiel lhe recolhe, uma mulher que mata a sua alma gémea, nós que nos tornamos cúmplices num autocarro em noite de temporal, um rio que devolve os ecos de duas crianças a quem aguarda um terrível milagre, uma ilha … Ler mais

O Retorno
2012, Tinta da China

1975, Luanda. A descolonização instiga ódios e guerras. Os brancos debandam e em poucos meses chegam a Portugal mais de meio milhão de pessoas. O processo revolucionário está no seu auge e os retornados são recebidos com desconfiança e hostilidade. Muitos nao têm para onde ir nem do que viver. … Ler mais

Até Nós
2005, Asa

«Tu, leitor, vem cá, caminha comigo na berma desta estrada…» O farol revela e esconde amores e crimes; um casal viaja para adoptar o menino trazido de longe; a boleia desesperada e fatal; imparável, o esventrar da terra e do pânico cronometrado letra a letra; a familiaridade do gesto brutal … Ler mais


Comprar livros de Dulce Maria Cardoso: ALMEDINA | BERTRAND | BULHOSA | FNAC | LEYA | WOOK


Comentar