Adília César

com Sem comentários

Escritores > Adília César

Data Nasc: Naturalidade: Lagos

Na web: Facebook


Adília César nasceu em 1959, em Lagos, e reside em Faro. Exerce actividade profissional como educadora de infância e formadora no âmbito da Didáctica das Expressões Artísticas. A sua formação académica vai ao encontro dos seus gostos pessoais – todas as formas de educação artística – sendo Mestre em Teatro e Educação, pela Universidade do Algarve.

Publicou dois livros de poesia: “O que se ergue do fogo”(2016) e “Lugar-Corpo”(2017). Colaborou na antologia “Fronteiras Humanas – O Drama dos Refugiados”. Tem colaborações dispersas em revistas e magazines, nomeadamente Eufeme, Piolho e Estupida, além de artigos de opinião.

Os seus poemas têm sido divulgados em espectáculos de música, dança e exposições de pintura. Participa regularmente em eventos culturais e artísticos, nomeadamente, apresentações de livros, leituras públicas de poesia, palestras, dinamização de sessões em escolas para professores e alunos do Ensino Secundário e encontros literários.


Principais Obras Publicadas

Lugar-Corpo
2017, Eufeme

Adília César inaugura uma nova geografia sentimental com o seu livro de poesia “lugar-corpo”, circunscrevendo o corpo-espírito como espaço de emoções, pela evocação de pensamentos relativos a estados psicológicos do eu e considerações filosóficas sobre o universo humano. Uma poesia exigente na sua vertente estética, onde a melancolia exibe um … Ler mais

o que se ergue do fogo
2016, Lua de Marfim

O livro “o que se ergue do fogo” apresenta um cenário de sobrevivência para uma poesia com carácter discursivo e, por vezes, quase ensaístico, exibindo uma démarche analítica, com profusão de imagens, de emoções, de pensamentos. Sugere a ocorrência de um conjunto de vivências que ascendem a renovadas experiências, após … Ler mais


Comprar livros de Adília César: VER LIVRARIAS

Comentar