A. M. Pires Cabral

com Sem comentários

Escritores > A. M. Pires Cabral

Data Nasc: 13/08/1941 Naturalidade: Chacim, Macedo de Cavaleiros

Na web: Facebook


Biografia:

A. M. Pires Cabral nasceu em Chacim (Macedo de Cavaleiros) em 1941.

Licenciou-se em Filologia Germânica pela Universidade de Coimbra.

Foi professor do Ensino Secundário em Vila Real, animador cultural e coorganizador das Jornadas Camilianas.

Publicou poesia, teatro, romance, conto, ensaio e crítica.

O seu romance “O Cónego” (2007) foi distinguido com o Grande Prémio de Literatura DST e aos seus livros de poesia “Douro: Pizzicato” e “Chula” (2004) foi atribuído o Prémio D. Dinis – Fundação Casa de Mateus.

Com a obra “As têmporas da cinza” (2008), venceu o Prémio Luís Miguel Nava 2009.

Em 2010, publica a coletânea de contos “O porco de Erimanto e outras fábulas” pela qual recebe o Grande Prémio de Conto Camilo Castelo Branco de 2010.

.

Bibliografia:

Algures a Nordeste. edição de autor (1974)

Solo Arável. FAOJ (1976)

O Consultório, O Poço e Seguir Viagem. In «Sete Peças em Um Acto», Centelha (1977)

Trirreme. Centelha, (1978)

Os «Reis Falados» de Carviçais (Estudo). Núcleo Cultural Municipal (1979)

Nove Pretextos Tomados de Camões. Núcleo Cultural Municipal (1980)

Boleto em Constantim. O Oiro do Dia (1981)

Crispim, o Grilo Mágico. In «Teatro Infantil», Ulmeiro (1980)

O Saco das Nozes. Publicações Setentrião (1982)

Os Cavalos da Noite. Publicações Setentrião (1982)

Sabei por onde a luz. Comissão Regional de Turismo da Serra do Marão (1983)

Vila Real – Presença de Camilo (Itinerário). Comissão Regional de Turismo da Serra do Marão (1983)

Sancirilo (Romance). Círculo de Leitores (1983). Reeditado A Ronda da Noite (2015)

O Diabo Veio ao Enterro (Contos). Nova Nórdica (1985)  Reeditado Âncora (2010)

O Homem Que Vendeu a Cabeça (Contos). Nova Nórdica (1987)

Memórias da Caça (Conto). Jornadas Camilianas (1987)

Vila Real: Itinerário Mínimo (Itinerário). Edição bilingue português/inglês. Hotel Miracorgo (1988)

Os Arredores do Paraíso. Crónicas de Grijó (Crónicas). Câmara Municipal Macedo de Cavaleiros (1991)

Artes Marginais. Antologia poética. Guimarães Editores (1998)

Desta Água Beberei. edição de autor (1999)

Crónica da Casa Ardida (Romance). Editorial Notícias (1992)

Vila Real – Charlas com Apostila (Crónicas). edição de autor (1995)

O Diário de C* (Narrativa). edição de autor (1995)

Raquel e o Guerreiro (Romance). Editorial Notícias (1995)

Portugal Terra Fria (Novela). Edição bilingue português/francês. Paris : Marval e Assírio & Alvim (1997)

Na Província Neva – Crónicas de Natal (Crónicas). edição de autor (1997)

Três Histórias Transmontanas (Contos). edição de autor (1998)

O Livro dos Lugares e Outros Poemas. João Azevedo Editor (2000)

Vila Real: Um Olhar Muito de Dentro (Itinerário). Com fotografias de Albano da Costa Lobo.Câmara Municipal Vila Real  (2001)

Como se Bosch tivesse enlouquecido. João Azevedo Editor (2003)

Douro: Pizzicato e Chula. Edições Cotovia (2004)

A Loba e o Rouxinol (Romance). Âncora Editora e Círculo de Leitores. Edições simultâneas (2004)

Vila Real: Seis Dias para um Distrito (Itinerário). Com fotografias de António Pinto. Edição bilingue português/inglês. Governo Civil (2004)

Dois Dias em Mende / Deux Jours à Mende (Reportagem). Edição bilingue português/francês. Câmara Municipal (2004)

Que comboio é este. Teatro de Vila Real (2005)

Antes que o rio seque. Poesia reunida. Assírio & Alvim (2006)

Carrazeda de Ansiães (Itinerário). Câmara Municipal (2006)

O Cónego (Romance).Edições Cotovia (2007)

Trocas e baldrocas ou Com a Natureza não se brinca (Literatura infantil). Gailivro (2007)

As têmporas da cinza. Edições Cotovia (2008)

Vila Real – História ao Café (Estudos, co-autoria). Grémio Literário Vila-Realense / Câmara Municipal (2008)

Páginas de Caça Na Literatura de Trás-os-Montes (Antologia) Âncora Editora (2009)

Arado. Edições Cotovia (2009)

Porto (Itinerário). Edições Everest (2009)

O porco de Erimanto e outras fábulas (Contos). Edições Cotovia (2010).

Cobra d’Água (Poesia). Edições Cotovia (2011)

Os anjos nus (Contos). Edições Cotovia (2012)

Língua Charra, Regionalismos de Trás os Montes – Volume I (Linguística). Âncora Editora (2013)

Língua Charra, Regionalismos de Trás os Montes – Volume II (Linguística). Âncora Editora (2013)

A Gaveta do Fundo. (Poesia). Tinta da China (2013)

A Noite em que a Noite Ardeu (Poesia) Cotovia (2015)

A Navalha de Paloçoulo. Cotovia (2015)

Singularidades (Contos) Cotovia (2017)




Principais Obras Publicadas

Singularidades
2017, Cotovia

“Singularidades”, o novo livro do conhecido prosador e poeta A. M. Pires Cabral, cuja obra se encontra em grande parte publicada na Livros Cotovia, reúne oito contos, oito histórias singulares de personagens com nomes tão curiosos como Hipólito Clemente ou Basileu Simões, onde se retrata encontros entre o moderno e … Ler mais

Epígrafe Se algum dia alguém chegar a ler este dizer agreste, provavelmente pensará: que pálida lanterna; não é deste metal que a luz é feita. Calma. Pois não. Mas quem assiduamente visita os desvãos onde a noite se acoita não precisa de mais que o clarão desta trevam desta cegueira … Ler mais

A. M. Pires Cabral (n. 1941), premiado autor com mais de cinquenta obras publicadas – entre poesia, conto e romance –, é um artesão da linguagem e memória vivencial de Trás-os-Montes, trazendo na sua escrita um encontro invulgar entre a anafada antiguidade e a irónica modernidade. O leitor, desafiado no … Ler mais

A Gaveta do Fundo
2013, Edições Tinta-da-China

Depois de se ter estreado com um impressionante conjunto de poemas que iniciou o chamado «ciclo do Nordeste» («Algures a Nordeste», «Boleto em Constantim», «Douro: Pizzicato e Chula», «Arado» e «Cobra-d’Água»), A. M. Pires Cabral regressa ao tema de Trás-os-Montes, em tom elegíaco (…) Nos últimos anos, a discreta poesia … Ler mais

Com as suas quase 23 mil entradas (muitas delas desdobrando-se em múltiplas acepções), esta é sem dúvida a mais completa recolha de vocabulário popular trasmontano e alto-duriense publicada até hoje. Língua Charra – Regionalismos de Trás-os-Montes e Alto Douro é, por um lado, um apanhado de todas as obras congéneres a que … Ler mais

Com as suas quase 23 mil entradas (muitas delas desdobrando-se em múltiplas acepções), esta é sem dúvida a mais completa recolha de vocabulário popular trasmontano e alto-duriense publicada até hoje. Língua Charra – Regionalismos de Trás-os-Montes e Alto Douro é, por um lado, um apanhado de todas as obras congéneres a que … Ler mais

Os anjos nus
2012, Cotovia

EXCERTO: “SEI QUE NÃO VAI ACREDITAR numa só palavra do que lhe vou contar. Mas não se inquiete por causa disso: eu também não acredito. Somos dois a não acreditar. Mas esta história contou-ma um velhote, da última vez que estive na aldeia, em Trás-os-Montes, no Natal passado, e conto-lha … Ler mais

Cobra d’Água
2011, Cotovia

A.M. Pires Cabral apresenta ao público o seu quinto livro de poesia ‘moderna’ na medida exacta em que, dialogando com a tradição lírica, assume toda a tragédia que é tanto mais portuguesa quanto universal.

“Um coração doente é o melhor tesouro que um homem pode ambicionar. Bem sei que eles acham que não. Ainda ontem esteve um deles a falar na televisão: que estamos em Maio, que Maio é o mês do coração, que é preciso olharmos pelo coração, vigiar o peso, fazer exercício, … Ler mais

Trás-os-Montes e Alto Douro constituem uma das regiões de Portugal com mais fortes características de ruralidade. Entre as ocupações próprias de uma comunidade agro-pastoril, a caça ganha uma importância considerável, tratando-se de uma actividade que, contrariamente às restantes, não se limita a uma componente económica, mas comporta também uma componente … Ler mais

Porto
2009, Edições Everest

Poucas cidades, como esta, têm “uma alma”. Queremos dizer, um carácter tão vincado. Umas das razões será a própria fisionomia urbana, inconfundível, em que abunda a construção em granito escurecida pelo tempo, pelos nevoeiros e pelos fumos. Mas a principal razão será a própria matéria humana que o habita, ao … Ler mais

As têmporas da cinza
2009, Cotovia

Esta obra foi galardoada com o Prémio de Poesia Luís Miguel Nava de 2009. «Neste seu último livro, A. M. Pires Cabral precisamente configura a sua obra sob a égide do princípio moderno: a certeza de que para dizer a realidade há uma outra realidade que se interpõe, a das … Ler mais

O Cónego
2007, Cotovia

Um jovem padre começa a sua vida a paroquiar uma pequena aldeia no nordeste transmontano, onde está ainda muito viva a memória de um certo Cónego – espécie de figura tutelar e personagem controversa, que logo atrai a sua curiosidade: anjo ou demónio? Apostado em reconstituir a figura do Cónego, … Ler mais

Com ilustração de Paulo Araújo. O Parque Natural de Montesinho recorta-se em quadrilátero no alto do Nordeste Transmontano, abarcando a parte setentrional dos Concelhos de Bragança e Vinhais, fazendo fronteira a nascente, norte e poente com Espanha. Trocas e Baldrocas ou com a natureza não se brinca é o título … Ler mais

Antes que o rio seque
2006, Assírio & Alvim

Plano Nacional de Leitura Livro recomendado para o Ensino Secundário como sugestão de leitura. Poesia reunida de Pires Cabral, poeta e dramaturgo com vários prémios atribuídos.

Carrazeda de Ansiães
2006, Câmara Municipal Carrazeda de Ansiães

Co-autoria Roberto Santandreu. Um bonito álbum, profusamente ilustrado, que nos dá a conhecer o encanto do Concelho de Carrazeda de Ansiães. Um testemunho de grande qualidade, realizado pela dupla constituída por Pires Cabral, autor do texto e por Roberto Santandreu, autor das excelentes fotografias.

Que comboio é este
2005, Teatro de Vila Real

Que comboio é este que me leva entre sobressaltos e tumultos em visita ao miolo da noite – até ao seu mais fundo patamar onde a própria memória dos dias estagnou e já é só um charco de si mesma, e já não se ouvem rãs, mas choro e ranger … Ler mais

Douro: Pizzicato e Chula é o resultado de uma viagem no Rio Douro, entre o Porto e Barca de Alva, feita num barco cheio de poetas e cujo trajecto acompanhamos ao longo dos quarenta poemas que compõem o livro.

A Loba e o Rouxinol
2004, Âncora Editora

O romance A Loba e o Rouxinol tem por cenário o mundo fechado de uma pequena vila transmontana, nos anos 60 do século passado. A história é contada na primeira pessoa por um filho da personagem central, após a morte deste. Trata-se de um comerciante à moda antiga, hirto numa certa concepção … Ler mais

O Livro dos Lugares e Outros Poemas
2000, João Azevedo Editor

Cabral (Após longos anos de silêncio poético aí está um novo livro de poesia de A. M. Pires n. 1941, em Chacim, Macedo de Cavaleiros), um regresso aos lugares e histórias de Trás-os-Montes e das suas gentes, que entretanto nos fora mostrando em romances ou livros de contos.

Raquel e o Guerreiro
1995, Editorial Notícias

Romance que se centra num conflito entre um homem e uma mulher numa fícitica aldeia de Trás-os-Montes na década de 30 do século passado. Narciso, o «guerreiro», é o médico de Raquel, uma mulher viúva e dona de um rica casa de lavoura, a Casa do Marco. Cinquentona, sem o … Ler mais

O Diabo Veio ao Enterro
1985, Nova Nórdica [Reed. Âncora Editora, 2010]

Terá sido preciso tudo isto, este raspar com unha insofrida tantos e tão inocentes sinais? Os sons de há trinta anos! E bastaram trinta anos para calar tudo ou, sobretudo, erguer novas vozes tremendas. Que bom, ao fim e ao cabo, que ainda haja pelo menos as vozes do tio … Ler mais

Sancirilo
1983, Círculo de Leitores [Reed. A Ronda da Noite, 2015]

Como pode um homem, com a responsabilidade ética de uma cátedra em Filosofia Contemporânea, emprestar o peso do seu nome e do seu prestígio a um Congresso que parece não ter outra finalidade senão perpetuar e dar cobertura internacional a este estado de coisas deplorável? Diga-me, meu caro Herr Schnabel: … Ler mais


Comprar livros de A. M. Pires Cabral: ALMEDINA | BERTRAND | BULHOSA | FNAC | LEYA | WOOK


Comentar