NÃO HÁ RAPAZES FEIOS

20/10/2017 - Por Julieta Monginho

«Desafio alguém a provar que nunca foi tentado por uma selfie e não tenha preparado a dentição para o momento. Ao contrário do que possa parecer, não foram as selfies que fizeram prosperar a ortodonti … Ler mais

Londres, ou “o outro lado do espelho”

14/10/2017 - Por Dora Nunes Gago

«Ensaio esquinas e ruelas – conheço bem o meu sentido de desorientação e sei que me perco em Londres da mesma maneira que o faria numa aldeia com meia dúzia de ruas – onde tomaria inevitavelmente os c … Ler mais

De onde vêm os doentes

07/10/2017 - Por Afonso Reis Cabral

«Saída do emaranhado do trauma, a minha avó perguntou-me de onde vinham os doentes e eu não soube responder. Ela própria não sabia de onde vinha, e eu preferia que viesse de uma terra estranha, que de … Ler mais

A ausência de África na literatura portuguesa e a descolonização como absurdo

29/09/2017 - Por Carlos Vale Ferraz

«Apenas após o 25 de abril a África se foi inscrevendo na literatura portuguesa, principalmente, através da guerra colonial, mais do que do colonialismo, a sua causa. E presentemente? Para a professor … Ler mais

Transparência

22/09/2017 - Por Paulo Kellerman

«Quando o riso passa, distraio-me com uma vizinha que se aproxima; talvez a veja uma ou duas vezes por semana e nunca lhe descobri um sorriso. Oito anos, zero sorrisos. Porquê? Se a senhora fosse tran … Ler mais

LAÇAROTE, MEU AMOR

15/09/2017 - Por Pedro A. Sande

«Talvez na alma desses carneiros inocentes que se diz atirarem-se em malhada de penhascos, e na paisagem magistral intensamente lunar do Timanfaya, esteja a explicação para a adopção última por Sarama … Ler mais

SER MARIENSE

08/09/2017 - Por Daniel Gonçalves

«Todos os dias sou um pouco mais da ilha. Olho-me ao espelho e já não estou como vim ao mundo. O mar subiu-me aos joelhos, a lava tomou conta da cintura, as urzes deslizam até ao meu pescoço e toda a … Ler mais

Os lugares da escrita

25/08/2017 - Por Carla M. Soares

«O silêncio absoluto de um escritório fechado, repleto dos fantasmas de outros livros, de outras ideias, pode não ser, pois, a chave para a concentração absoluta. Em vez do som de Phillip Glass ou do … Ler mais

A LIVRARIA

28/07/2017 - Por António Garcia Barreto

«Eu gostava de livros, lia tudo o que me caía nas mãos. Além de revistas de histórias aos quadradinhos, como o Cavaleiro Andante, jornais infantis e revistas com mulheres nuas, de procedência desconhe … Ler mais

JOANINA

21/07/2017 - Por Cristina Carvalho

«Sumi-me por umas ruas estreitas, fui escorregando no tempo, fui alcançando a memória. E ao virar de uma esquina, já no alto, no profundo, uma cidade a correr tonalidades de verde em garantidos repous … Ler mais

A cobra que há em nós

14/07/2017 - Por Raquel Ochoa

«Os outros, eis a grande surpresa também. Os outros estão sempre diferentes. Pessoas que naquele sítio foram fundamentais para aquele sítio ser o que era e agora nem ali estão. Ou estão, embora ocupad … Ler mais

Ama-me, Alfredo

07/07/2017 - Por Tiago R. Santos

«…não há lá grande coisa no céu. Já olhaste para cima? Só existem nuvens, estrelas e o sol e, vamos lá ser honestos, acho que não dá muito jeito ir viver para lá: o sol é quente, as nuvens instáveis … Ler mais

1 2