‘A Casa-Comboio’ com nova edição

com 1 comentário

Publicado pela primeira vez em 2010, volta, este mês, aos escaparates das livrarias, o livro de Raquel Ochoa, ‘A Casa-Comboio’, com chancela Gradiva.

«Uma família indo-portuguesa. Um século de história. Quatro gerações que evocam 450 anos de aventura mítica, nos quais a Índia longínqua era portuguesa.

Em pano de fundo, a partida, o acaso e a  sorte de quem se vê constantemente obrigado a fazer as malas,  o desenraizamento, a inquietação,  o inesperado,  a imprevisibilidade dos destinos que se cruzam. A imagem dada pelo título é elucidativa: uma casa em movimento. Uma  narrativa de uma surpreendente  beleza poética.  Uma verdadeira revelação.

O enredo deste romance baseia-se na aventura de uma família indo-portuguesa, originária de Damão, que sobrevive e se adapta à turbulenta História mundial do último século, evocando uma saga nos tempos em que a Índia longínqua era portuguesa.Quatro gerações habitam Nagar-Aveli, Damão e, por fim, Lisboa. Uma casa é abandonada para sempre. Este romance histórico é baseado num relato verídico.»

Um comentário

  1. Tenho que sair da minha zona de conforto… os meus escritores, as minhas leituras se parti para novas propostas.
    A Raquel Ochoa será uma delas.

Comentar