‘Asas de Colibri’ apresentado em Vila Franca de Xira

com Sem comentários

Decorre no dia 3 de junho, pelas 18h30, na Biblioteca Municipal de Vila Franca de Xira – Fábrica das Palavras, a sessão de apresentação do livro ‘Asas de Colibri’ de Vítor Costeira, com chancela Andorinha Editorial.

.

COMO UM POEMA DE DALI

A que horas parte o delírio surrealista?
Ainda dá para comprar bilhete?
Podes ficar com o lugar junto à janela
pois terei, assim, um pretexto maior
para poder olhar para ti, sentinela,
enquanto o teu deliciado olhar sonhador
incorpora a diluída tela nas asas de um colibri
que veloz se estende em loucas pinceladas
como um poema escrito por Dali!

Faremos parte das gotículas das nuvens
e seremos água escorrendo em cachoeiras,
viajando pelo azul profundo do céu fora
sem impedimentos nem fronteiras,
sem sentirmos o cadenciado do momento
ocupando o nosso parco espaço,
nem esse espaço relativizando o nosso tempo,
ao mesmo tempo que reescrevemos a história
numa férrea Persistência da Memória!

A que horas parte o delírio surrealista?
Ainda há lugares vagos para nós
ou faremos simplesmente a viagem a sós?
Levarei a minha Alma Imoral para ler
e um simples caderno para escrever
as palavras que de ti me fazem encantado
e a que mais tarde chamarei poema,
bebendo um trago de um bom fino e tinto fado
e sentindo que somos estrelas de cinema!

A que horas parte esse delírio surrealista?
A que portas do nosso infinito iremos desembocar?
De mãos dadas iremos tudo descobrir,
testemunhas únicas do nosso oferendar
enquanto Dali continuar a não sorrir!

.

Comentar