Ana Simão apresenta livros nos Açores

com Sem comentários

A autora Ana Simão vai estar no dia 23 de maio, pelas 18h30, na Biblioteca Pública e Arquivo Regional Luís da Silva Ribeiro, em Angra do Heroísmo, e no dia 26 de maio, pelas 18h00, na Biblioteca Pública e Arquivo Regional de Ponta Delgada para apresentação dos livros ‘Naquela Ilha’ e ‘A Menina dos Ossos de Cristal’, editados pela Marcador e pela Editora Guerra & Paz respetivamente.

Naquela Ilha, 2016, Marcador

«Há ilhas que vale a pena visitar. Esta é, não tenho dúvidas, uma delas. Boa viagem.» – Pedro Chagas Freitas
«Uma ilha onde nada acontece. Uma premonição. Um destino implacável. Uma jovem apaixonada por um homem mais velho. Um farol cheio de segredos. Uma história única. O que separa um Amor do resto do Mundo?»

A Menina dos Osso de Cristal, 2014, Editora Guerra & Paz

«Inês é uma menina única, como todas as meninas do mundo. Mas, ao contrário delas, Inês nasceu num corpo muito frágil e os seus ossos partem-se em mil pedaços, como se fossem de cristal. Inês tem uma doença muito rara, Osteogénese Imperfeita (OI) – mais vulgarmente conhecida como doença dos ossos de vidro – e aos 14 anos o seu pequeno corpo já tinha sofrido mais de 100 fracturas. A menina cuja história de luta e coragem vamos acompanhar não se deixou vencer pelo medo: nem quando quis dar os primeiros passos e não conseguiu, nem quando todas as crianças corriam e brincavam e ela estava numa cama de hospital, embalando nos seus sonhos Mefibosete, o menino imaginado pelo seu pai. Da perda da inocência nas mãos de um curandeiro, passando pela enorme luta da família para não a perder, até à licenciatura conquistada a pulso, a vida da Menina dos Ossos de Cristal transforma-se, diante dos nossos olhos, no triunfo da mulher que, contra todas as expectativas, consegue vencer. Como todos aqui aprenderemos, há apenas uma frase rara que nós, como Inês, nunca devemos esquecer: amor é poder. Um livro que conta com a divulgação e promoção por parte da APOI (Associação Portuguesa de Osteogénese Imperfeita) e a Associação Raríssimas.»

..

Comentar